Pesquisar
Close this search box.

Valor Bruto da Produção do tomate deve crescer 45,1%

Primeira estimativa para produção aponta crescimento superior a R$ 2 bilhões em relação ao ano passado

Maior produtor brasileiro do fruto, Goiás deve registrar crescimento expressivo do Valor Bruto da Produção (VBP) de tomate em 2023. O primeiro levantamento do ano feito pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) projeta um aumento de 45,1% no VBP do fruto. Em números absolutos, a produção deve atingir um VBP de R$ 6,6 bilhões, o que representa R$ 2 bilhões a mais em relação ao resultado de 2022, quando ficou em R$ 4,6 bilhões.

“É o maior VBP para o tomate goiano nos últimos dez anos, pelo menos”, aponta o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça. “Na agricultura, a cana-de-açúcar, a laranja, o arroz, o feijão, o milho, a uva e a banana também têm perspectivas positivas para este ano”, acrescenta. Em Goiás, o maior percentual de aumento no VBP está previsto para a banana. O Valor Bruto de Produção da fruta deve crescer 55,9% e chegar a R$ 572,6 milhões.

Entre os principais produtos da pauta agricultura goiana, o VBP da soja deve ficar em R$ 36,9 bilhões (-10,8%). Já o VBP da produção de milho tem projeção de crescimento de 9,6%, chegando a R$ 14,3 bilhões. Na pecuária, esta primeira estimativa do Mapa aponta para um recuo no VBP dos bovinos (-7,2%), somando R$ 14,4 bilhões. Frangos (-4,1%), ovos (-2,3%) e leite (-0,6%) também têm perspectiva de retração, diferente do cenário para os suínos, que é de alta (+5,4%).

O primeiro levantamento do Mapa para o ano mostra que o setor agropecuário goiano deve somar R$ 104,6 bilhões em Valor Bruto da Produção, sendo R$ 74,5 bilhões na agricultura e R$ 30,1 bilhões na pecuária. Em nível nacional, o VBP do setor deve totalizar R$ 1,2 trilhão, distribuídos da seguinte forma: R$ 900,8 bilhões nas lavouras e R$ 364,4 bilhões na pecuária.

O Valor Bruto da Produção Agropecuária mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária ao longo do ano e corresponde ao faturamento bruto dentro do estabelecimento. É calculado com base na produção da safra agrícola e da pecuária, e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do país, dos 26 maiores produtos agropecuários do Brasil.

Com dados da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Goiás*

Fonte: Agrolink

AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email