Pesquisar
Close this search box.

União Europeia deverá ter queda na produção de limão

A produção de limão da União Europeia (UE) deverá ter queda de quase 9% em 2021-22

A produção de limão da União Europeia (UE) deverá ter queda de quase 9% em 2021-22, segundo levantamento do Serviço Nacional de Estatísticas Agrícolas do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA). Estão previstas 38.480 caixas de 40,8kg equivalentes da fruta nesta temporada, diminuição ocasionada pelas reduções esperadas no período para a colheita dos principais produtores de limão da UE.

A Espanha é o maior produtor do setor, com os limões representando cerca de 15% da produção total de frutas cítricas , com diminuição de 11% em relação ao ano anterior. A queda deve-se principalmente às condições climáticas desfavoráveis. Depois do México e da Argentina, a Espanha é o terceiro maior produtor de limão do mundo, mas é o maior exportador global de limões frescos em termos de valor.

Fonte: Citrus Industry | Portal do Agronegócio

Picture of AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email