Pesquisar
Close this search box.

Soja: preços firmes acima dos R$ 204,00

No Paraná, a demanda doméstica mais ativa que a externa, neste momento

O mercado da soja do estado do Rio Grande do Sul tem preços firmes acima dos R$ 204/saca no mercado de lotes e segue subindo devagar, de acordo com informações da TF Agroeconômica. “Da mesma forma que o porto, subiu de forma muito amena, com Cruz Alta se valorizando em R$ 2,00/saca e indo a R$ 207,00, mas todas as demais se valorizando em R$ 1,00/saca, indo R$ 206,00 e no caso de Ponta Grossa, R$ 204,00, permanecendo na pior posição do Estado. Foram ouvidos reportes de negócios pontuais, valores próximos a 2,000 toneladas”, comenta.

Santa Catarina teve dia sem mudanças, enquanto preços permanecem no zero a zero. “Negócios seguem como o planejado formando padrões financeiros muito facilmente distinguíveis, hora caindo, hora ficando estável, sem gerar de fato variação nos valores no decorrer de uma semana. Os preços do dia ficaram onde estiveram ontem, mas o de outras regiões portuárias do sul se mostram esticadas, mostrando que provavelmente ocorrerá uma correção para baixo novamente”, completa.

No Paraná, a demanda doméstica mais ativa que a externa, neste momento. “Num dia em que Chicago subiu 0,60% e o dólar caiu 0,52%, anulando qualquer possibilidade de alta, os preços, tanto internos quanto no porto, no estado do Paraná, atenderam mais à demanda doméstica do que a exportação. Com isto, algumas praças do interior subiram e o Porto e Ponta Grossa recuaram”, indica.

“Todas as regiões interioranas menos Ponta Grossa marcam variações cima de 1,05% com apenas Pato Branco subindo 1,06%, indo a R$ 191,00 e Maringá e Cascavel subindo em 1,05%, ambas indo a R$ 192,00. Ponta Grossa, por outro lado, passa por uma queda de 1,03%, valor equivalente a R$ 2,00/saca e chega a R$ 193,00”, conclui.

 

Fonte: Agrolink

AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email