Pesquisar
Close this search box.

Segunda-feira segue sendo negativa para o milho na B3

CBOT fica em campo misto, mas com mais quedas

Os preços futuros do milho seguem operando no campo negativo da Bolsa Brasileira (B3) ao longo desta segunda-feira (14). As principais cotações flutuavam na faixa entre R$ 84,17 e R$ 90,18 por volta das 13h21 (horário de Brasília).

O vencimento novembro/22 era cotado à R$ 84,17 com desvalorização de 0,95%, o janeiro/23 valia R$ 87,01 com perda de 0,16%, o março/23 era negociado por R$ 90,18 com baixa de 0,29% e o maio/23 tinha valor de R$ 89,75 com queda de 0,34%.

Mercado Externo

Já a Bolsa de Chicago (CBOT) passou a operar em campo misto para os preços internacionais do milho futuro nesta segunda-feira.

Por volta das 13h11 (horário de Brasília), o vencimento dezembro/22 era cotado à US$ 6,59 com alta de 1,00 ponto, o março/23 valia US$ 6,61 com queda de 2,00 pontos, o maio/23 era negociado por US$ 6,61 com baixa de 2,75 pontos e o julho/23 tinha valor de US$ 6,55 com perda de 3,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho nos Estados Unidos caíram durante a noite, com o dólar recuperando força e as negociações do fim de semana para manter o corredor de grãos do Mar Negro aberto supostamente indo bem.

Por:  Guilherme Dorigatti
Fonte:  Notícias Agrícolas
Picture of AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email