Pesquisar
Close this search box.

Safra de cana registra crescimento de 7,5% na produtividade

Média dos canaviais aumenta de 68 ton/ha, em 2021/2022, para 73 ton/ha em 2022/2023

A safra 2022/23 está sendo marcada pela recuperação da produtividade agrícola dos canaviais, devido principalmente ao maior volume e melhor distribuição das chuvas registrado na maioria das regiões produtoras de cana-de-açúcar. Os números constam do Boletim de Olho na Safra, divulgado hoje pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC). No acumulado abril a novembro deste ano, houve um avanço de 7,5% em TCH (Toneladas de Cana por Hectare) em relação ao mesmo período da safra 2021/2022, passadno de 68 ton/ha para 73 ton/ha.

Regionalmente, as produtividades foram praticamente todas superiores às registradas na safra passada, com exceção de Mato Grosso do Sul (-1,6%). Os destaques positivos foram de São José do Rio Preto (+20,8), Araçatuba (+15,6) e São Paulo (+10,6).

Em novembro, a média da produtividade dos canaviais na região Centro-Sul saltou de 122,9 toneladas de cana por hectare para 133,6 ton/ha, 8,7% a mais do que no mesmo mês da safra 2021/2022.

Qualidade da matéria-prima

No acumulado abril a novembro, a qualidade de matéria-prima (ATR) foi praticamente igual à da safra anterior, variando menos de 0,5% em relação à 2021 (de 137,6 kg/tc para 137,4 kg/tc). Destacam-se com ATR superior ao ciclo anterior as regiões de Goiás e Minas Gerais, que tiveram aumento no acúmulo de sacarose principalmente devido ao regime hídrico que não foi tão expressivo nessas localidades.

as informações são da assessoria de imprensa.

Fonte: Agrolink

Picture of AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email