Pesquisar
Close this search box.

RS: exportações registram alta em outubro

Dados revelam um crescimento expressivo de 12% no valor exportado, totalizando US$ 1,6 bilhão em 2023, em comparação aos US$ 1,4 bilhão de 2022

A Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) revelou os resultados das exportações do estado referentes ao mês de outubro. Segundo o último Relatório de Comércio Exterior do Agronegócio, produzido pela equipe econômica da Farsul, o setor experimentou um notável aumento de 19% no valor e 21% no volume exportado em comparação com o mês anterior.

No confronto com o mesmo período de 2022, os dados revelam um crescimento expressivo de 12% no valor exportado, totalizando US$ 1,6 bilhão em 2023, em comparação aos US$ 1,4 bilhão de 2022. O volume exportado também registrou um aumento notável de 26%, atingindo 2,4 milhões de toneladas em 2023 em comparação com as 1,9 milhões de toneladas no ano anterior.

O agronegócio do Rio Grande do Sul se destacou como o principal impulsionador das exportações do estado, contribuindo com impressionantes 74% do valor total exportado e 92% do volume total. No acumulado do ano, as exportações do setor já somam US$ 13,3 bilhões, um aumento de 4% em relação ao mesmo período do ano passado, com um aumento de 6% no volume total, totalizando 19,1 milhões de toneladas.

Os dados revelam que os principais parceiros comerciais do estado foram a Ásia (excluindo o Oriente Médio), com US$ 958 milhões e 1,6 milhões de toneladas, e a Europa, que atingiu US$ 253 milhões, sendo US$ 212 milhões destinados à União Europeia. Outras regiões que contribuíram significativamente foram o Oriente Médio, América do Norte, América do Sul, África, Oceania e América Central e Caribe.

No ranking por países, a China liderou as importações com US$ 729 milhões, representando uma participação impressionante de 45,8% no valor total. Em segundo lugar, estão o Irã com 4%, seguido pelos Estados Unidos com 3,9%, Bélgica com 3,3%, e Indonésia com 3%.

Em contrapartida, as importações do setor revelaram uma dinâmica interessante. O grupo de Adubos (fertilizantes) e seus ingredientes experimentou uma queda de 8% no valor, passando de US$ 411 milhões em outubro de 2022 para US$ 380 milhões em outubro de 2023. No entanto, em termos de volume, houve um aumento notável de 104%, passando de 591 mil toneladas para 1,2 milhão de toneladas. Em comparação com o mês anterior, o grupo registrou um aumento impressionante de 184% no valor e 181% no volume de importações.

Fonte: Agrolink

AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email