Pesquisar
Close this search box.

Preços da batata caem pelo segundo mês seguido em agosto

Cristalina chega ao pico de safra em setembro

Assim como no mês de julho, agosto foi marcado por uma queda significativa nas cotações da batata – cenário típico para o período, devido ao início e intensificação da safra de inverno. Os preços da saca de 25 kg da batata lavada do tipo ágata, ao produtor – ponderados pela classificação – recuaram 18,8% em relação a julho, levando os valores médios de R$ 44,00. Essa redução contínua nas cotações é reflexo da intensificação das colheitas de inverno.

Estima-se que, ao longo de agosto, cerca de 27% da área total de cultivo de inverno tenha sido ofertada, o que indica que 53% da safra já foi colhida até o momento. Em agosto, as principais regiões que abasteceram os mercados foram Vargem Grande do Sul (SP) e Cristalina (GO), que ofertaram 30% e 25% de suas áreas, respectivamente. Para setembro, a previsão é de que o cenário de alta disponibilidade de tubérculos se mantenha, já que cerca de 21% do total da área de cultivo deve ser colhido. Neste mês que se inicia, os maiores volumes devem vir de Cristalina (GO), que entra no período de pico das atividades e colhe cerca de 30% das lavouras.

Fonte: Agrolink

AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email