Pesquisar
Close this search box.

Oferta restrita da cenoura marca mês de junho

Temperaturas mais baixas atrasam o desenvolvimento das cenouras

A oferta restrita, devido às temperaturas mais baixas, refletiu em um pequeno aumento nos preços nas principais praças produtoras de cenoura. Na parcial de junho (1º a 23), a “suja” foi comercializada a R$ 58,75/caixa de 29 kg, levando em conta os valores de São Gotardo (MG) e Cristalina (GO), leve aumento de 4% frente à média de maio.

O clima mais ameno desacelerou o desenvolvimento das raízes, que levaram mais tempo para serem colhidas, limitando a disponibilidade. Essa cotação, quando comparada ao mesmo período de 2022, está 68% superior, em termos nominais, garantindo maior lucro ao produtor – uma vez que os custos totais não aumentaram expressivamente. Além disso, o começo da colheita da safra de inverno está previsto para o final de julho e, até então, conta com bom desenvolvimento.

Devido a isso, segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, é possível que a oferta aumente ao longo das próximas semanas, especialmente no final de julho e início de agosto.

Fonte: Cenoura

AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email