Pesquisar
Close this search box.

Milho cai na B3: veja o motivo

Confira o desempenho nos estados

Os principais contratos de milho encerraram o dia com preços em baixa nesta quinta-feira, segundo informações da TF Agroeconômica. Sem a referência internacional, devido ao feriado de Independência dos Estados Unidos, o movimento dos traders foi de proteção, em vista de um dólar que fechou em baixa, a R$ 5,487 na venda (-1,46%). Além disso, o baixo movimento de negócios nas praças físicas estimulou um dia mais lento, em que houve poucas negociações na Bolsa de Valores.

Em Santa Catarina o mercado está parado e no Rio Grande do Sul começa a retomar, com algum movimento de compras. “Indicações de fábricas hoje com preços estáveis: Santa Rosa a R$ 64,00; Não-Me-Toque, Marau e Gaurama a R$ 65,00; e Frederico a R$ 63,00. Não ouvimos reportes de negócios nesta quinta-feira”, comenta.

No Paraná foram vistas indicações mantidas entre R$ 51/58. “Mercado com pouquíssimos movimentos, indisposto no dia de hoje. No norte, indicações a R$ 54,00; Cascavel a R$ 51,50; Campos Gerais R$ 57,00 e Guarapuava a R$ 57,00. Pedidas a partir de R$ 58,00 em todo o estado, com lotes mais concentrados em R$ 60,00 FOB interior. Ouvimos sobre 1000 toneladas vendidas a R$ 54,00 próximo a Londrina no CIF fábrica; e rumores de negócios ao sudoeste a R$ 51,00 FOB interior”, indica.

Fonte: Agrolink.
Picture of AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email