Pesquisar
Close this search box.

Dólar cai para R$ 5,13, puxado por mercado externo

Bolsa sobe 0,41%, impulsionada por Petrobras

Num dia de otimismo externo, o dólar caiu para a menor cotação desde o início do mês. A bolsa de valores recuperou-se após duas quedas seguidas, impulsionadas pelas ações da Petrobras. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (23) vendido a R$ 5,136, com queda de R$ 0,033 (-0,64%). A cotação iniciou o dia em alta, chegando a subir para R$ 5,18 por volta das 10h30, mas recuou após a abertura do mercado norte-americano. Na mínima do dia, por volta das 12h, chegou a cair para R$ 5,12.

A moeda norte-americana está no menor nível desde 2 de fevereiro, quando estava a R$ 5,04. A divisa subiu 1,16% em fevereiro, mas acumula queda de 2,73% em 2023.

No mercado de ações, o dia foi marcado pela recuperação. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 107.593 pontos, com alta de 0,41%. O indicador teve um dia volátil, alternando altas e baixas, mas encerrou com ganhos apoiado pelas ações da Petrobras, as mais negociadas na bolsa.

Os papéis ordinários (com voto em assembleia de acionistas) da petroleira subiram 3,73%. As ações preferenciais (com preferência na distribuição de dividendos) valorizaram-se 3,07%.

Fonte: Agrolink

AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email