Pesquisar
Close this search box.

Café: Nova York testa leves altas após semana de pressão, mas mantém foco nas chuvas no BR

Expectativa é de demanda mais aquecida a partir de outubro

O mercado futuro do café arábica abriu as negociações desta segunda-feira (2) testando novas altas para os preços na Bolsa de Nova York (ICE Future US), após uma semana de pressão para os preços e negócios praticamente travados.

Por volta das 09h09 (horário de Brasília), dezembro/23 tinha alta de 80 pontos, negociado por 146,95 cents/lbp, março/24 tinha valorização de 70 pontos, valendo 147,90 cents/lbp, maio/24 tinha alta de 60 pontos, cotado por 148,55 cents/lbp e julho/24 tinha valorização de 55 pontos, negociado por 149,35 cents/lbp.

Na Bolsa de Londres, o tipo conilon tem estabilidade. Novembro/23 tinha alta de US$ 6 por tonelada, negociado por US$ 2468, janeiro/24 tinha alta de US$ 10 por tonelada, cotado por US$ 2379, março/24 tinha alta de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 2316 e maio/24 tinha queda de US$ 4 por tonelada, negociado por US$ 2278.

A semana deve ser marcada pelo mercado monitorando as condições climáticas no Brasil. O produtor que continua resistente em fechar novos negócios, pode continuar esperando preços mais atrativos. Além disso, existe a expectativa de demanda mais aquecida a partir de agora.

“O hemisfério norte, onde se concentra o maior número de consumidores, caminha agora para o inverno, quando o consumo de café cresce acentuadamente”, destacou a última análise do Escritório Carvalhaes.

Por:  Virgínia Alves
Fonte: Notícias Agrícolas
Picture of AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email