Pesquisar
Close this search box.

Café limita baixas e passa a operar apenas com ajustes nesta 2ª feira em Nova York

Após abrir o pregão com forte recuo, o mercado futuro do café arábica passou a operar com estabilidade nas principais referências no pregão desta segunda-feira (29) na Bolsa de Nova York (ICE Future US).

Por volta das 13h20 (horário de Brasília), dezembro/22 tinha alta de 35 pontos, negociado por 238,50 cents/lbp, março/23 tinha valorização de 70 pontos, cotado por 232,35 cents/lbp, maio/23 tinha alta de 50 pontos, valendo 228,60 cents/lbp e julho/23 tinha alta de 60 pontos, cotado por 225,50 cents/lbp.

O café tem suporte na preocupação do mercado com a oferta do Brasil. A safra 22 está na reta final nas principais áreas de produção do país, mas as condições climáticas trazem bastante nervosismo de ponta a ponta na cadeia. Além do Brasil, outras origens como por exemplo a Colômbia também enfrentam quebra na produção do arábica.

No financeiro, também neste horário, o dólar registrava queda de 1,14% e era cotado por R$ 5,02 na venda. “O dólar caiu ao menor patamar desde meados de junho nesta segunda-feira, com o real entre as divisas de melhor desempenho no dia, na esteira da fraqueza da moeda norte-americana no exterior, nova alta das commodities e expectativas de fluxo ao Brasil pelo elevado juro do país”, destacou a agência de notícias Reuters.

Por:  Virgínia Alves
Fonte:  Notícias Agrícolas
Picture of AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email