Pesquisar
Close this search box.

Ao contrário do esperado, exportações de melão recuam em novembro

Volume cai 23% frente ao mês anterior

Contrariando as expectativas, as exportações brasileiras de melão de novembro não superaram as de outubro. Geralmente, os embarques se intensificam no período, devido aos maiores pedidos para o fim de ano. Porém, o ocorrido não se concretizou em 2022.

Tomando como base os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), o volume exportado foi de apenas 27 mil toneladas em novembro, queda de 23% quando comparado ao mês anterior e de 44% frente ao mesmo mês do ano passado. Os principais destinos do período foram: Holanda, com 33% do volume total; Espanha, com 28%; e Reino Unido, com 20%.

Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, os principais motivos que justificam essa queda nas exportações são problemas logísticos, redução na área cultivada brasileira e até cancelamento de contratos por parte de alguns importadores europeus.

Fonte: Agrolink

Picture of AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email