Pesquisar
Close this search box.

ALGODÃO EM PLUMA: BAIXA LIQUIDEZ E PREÇOS EM QUEDA

Preços do algodão em pluma têm oscilado, predominando as quedas

Empresas se preparam para o recesso de fim de ano, afetando a liquidez no mercado nacional de algodão em pluma neste mês de dezembro, conforme apontam pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Com o advento das festividades de final de ano, muitas unidades estão se preparando para o recesso, o que tem impactado diretamente na recepção e retirada da fibra.

De acordo com o Cepea, as empresas têm priorizado o carregamento de negócios recentes e contratos a termo, enquanto aqueles que necessitam de pluma a curto prazo enfrentam desafios logísticos, além de precisarem ajustar preço e qualidade dos lotes disponíveis.

Entre os produtores, observa-se uma postura cautelosa, com grande parte deles monitorando de perto as condições climáticas e as atividades de campo para a próxima temporada. Essa prudência reflete em um interesse limitado em disponibilizar volumes no mercado spot, e é esperado que alguns desses vendedores só voltem a negociar em 2024.

Em decorrência desse cenário, os preços do algodão em pluma têm oscilado, predominando as quedas. Na parcial do mês até o dia 11, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, registrou uma queda acumulada de 0,55%.

Fonte: Agrolink

Picture of AMVAC

AMVAC

As soluções da AMVAC proporcionam maior produtividade às culturas, contribuindo para uma agricultura melhor e mais sustentável, garantindo a longevidade do mundo.

COMPARTILHE!
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Print
Email